Voto nulo, omelete e faxina.

É certo que a politica brasileira se forma através de voto. E por isso, com todo esse clima de eleição, os debates socioeconômicos se tornam mais comentados do que alguns cantores de sertanejo, o que sabemos que foge do status normal do país. O fato é que temos que ser sinceros com a situação atual (que obviamente está longe de ser o cenário que consideramos perfeito) e temos que estar certos das formas de mudança. O problema talvez seja esse, as pessoas se esquecem que para organizar e limpar uma casa é necessário começar tirando o pó de tudo, infelizmente temos que tirar as coisas da sua ordem natural, limpá-las e só assim colocar as coisas limpas no lugar certo, ou simplesmente como se diz o velho ditado: “Para fazer o omelete, é necessário quebrar alguns ovos”.MANIFESTAÇAO CONTRA AUMENTO TARIFA

Quando eu disse que a politica brasileira se forma através de voto, não foi pelo lado democrático da coisa, e sim pelo lado podre e sujo da coisa. Votos que valem uma cesta básica ( sim, ainda há pessoas que vendem o voto dessa forma, mesmo sabendo sabendo que a cesta básica dura um mês, não quatro anos) e mandatos que valem milhões de reais em verbas desviadas (o que provavelmente, boa parte, serão para financiar novas campanhas milionárias, afinal, investir na em uma campanha eleitoral, é como comprar um bilhete de loteria já premiado, a diferença é que, o ganhador é que estipula o valor do premio).tem_tanta_coisa_errada_que_naocabe_em_um_cartaz2

E já é de conhecimento geral que a politica no país não funciona como se presa a constituição, promovendo justiça e igualdade, penso que a única solução seria: fazer um bom omelete. Como? Limpando a casa, organizando tudo do zero de forma clara e lucida. Levantando as cadeiras, batendo os tapetes e um bom pano com muito desinfetante no chão.Um Povo que elege corruptos

Talvez eu seja mesmo inocente de acreditar que a situação ainda pode mudar, que o sistema ainda pode cair, e que um dia, seremos iguais de braços dados ou não. Mas me perdoem, eu é que não perco meu tempo acreditando que o “menos pior” resolverá minha situação, afinal, quem sabe faz a hora não espera acontecer.sarra